Ano da Fundação -  22 Novembro 1931  
Fundador/s - Jorge Botelho Moniz / Alberto Lima Basto  
Director -  
Instalações - Parede  
Frequência utilizada -  
Potência do Emissor - 30kW (anos 30)   
Indicativo Oficial - CT1 GL  
A História do Rádio Clube Português, foi traçada por Jorge Botelho Moniz, homem de rara visão e espírito de empreendimento.
Em colaboração com Alberto Lima Basto, pôs em funcionamento, em 1928, um pequeno emissor, CT1 DY, cujo alcance pouco ia além da cidade de Lisboa. Chamaram-lhe, por ironia, a estação oficial do "Estado livre de Parede e Galiza".
No ano de 1930, graças à colaboração financeira de alguns "senfilistas", foi aumentada para 20W a potência da estação, agora designada por "Rádio Parede". No ano seguinte, a colaboração atrás referida foi consagrada com a formação do Rádio Clube da Costa do Sol; a cotização dos associados permitiu então, o aumento de potência da estação para 200W.

Na primeira Assembleia Geral realizada em seguida à sua formação, no dia 22 Novembro de

Jorge Botelho Moniz ao microfone do
CT1 DY (1928)
1931, foi aprovada por cerca de 400 associados a modificação do Título da associação para Rádio Clube Português (RCP). Título que perdurou e se tornou um símbolo na radiodifusão nacional.

Cortesia Wolf Harranth / QSL Collection APQ

O Indicativo da Estação foi, entretanto, mudado para CT1 GL e a este indicativo está ligado na memória de quem o recorda, grande desfile de empreendimentos, dos quais são de salientar a construção do edifício próprio na Parede, os aumentos de postência da estação para 30kW, e a instalação das torres de antena.
No que se refere a programas, e também ligadas ao indicativo CT1 GL surgiram, o que para a época se poderia considerar de autêntico sucesso, iniciativas como a das emissões infantis do "Sr. Doutor", a orquestra Aldrabófona, os Serões de Arte em colaboração com o Jornal "O Século", a orquestra "Rádio", relatos desportivos e tantas outras.

Em 1935, um incêndio destruiu quase totalmente o edifício da Parede; das suas cinzas renasceu um novo edifício, e um RCP, com mais fé e dinamismo o que lhe permitiu exercer uma acção decisiva na guerra civil de Espanha, durante a qual, criminosa bomba destruiu parte das instalações do RCP, que rapidamente foram reconstruídas.

O ano de 1936 marca uma data decisiva na vida da associação, com a autorização concedida pelo Governo para a exploração da publicidade radiofónica. Para a história, regista-se que no primeiro programa patrocinado, estava ao piano o Mestre Vianna da Mota.

A partir de então, e passado o período de pertubação causado pela segunda Guerra Mundial, graças os recursos financeiros que a publicidade radiofónica facultou, a RCP, pela força da expansão que deu às suas inicitivas, marcou o rítmo do desenvolvimento da radiodifusão nacional.

Com efeito, em 1954, o RCP inicia em Portugal a radiodifusão por modulação de frequência, em 1955 põe em funcionamento, em miramar, o primeiro emissor de ondas médias de potência superior a 50 kW, servindo a região norte do país, com programa próprio.

Já, em 1953, o RCP tinha requerido autorização para instalar uma rede de estações de Televisão no País, requerimento que provocou a criação da Radio Televisão Portuguesa (RTP), da qual RCP era o maior accionista a seguir ao Estado.

Em 1959, o emissor de Parede é substituído por dois emissores de 25kW, podendo funcionar em paralelo com a potência de 50kW. Nesse mesmo ano, os estúdios são transferidos para Lisboa, e é instalado no Porto um emissor de modulação de frequência.

Entretanto, de um programa diário com a duração de 8 horas, em 1935, passou-se para 3 programas distintos com a duração total de 61 horas diárias, tendo a estação de Parede iniciado emissões ininterruptas a partir de Agosto de 1963.




Abertura da emisão em 1931 por Jaime da Silva Pinto


A sua colaboração neste espaço é muito importante. Se possuir mais informações, registos sonoros, fotográficos ou escritos desta rádio e nos quiser facultar para cópia (os originais serão devolvidos) ficamos bastante agradecidos, assim como os cibernautas que nos consultam. e.mail
Rádio Clube Português (CT1 GL)










Home